Voltas.

21 abril, 2010

Cartaz

Após mil voltas, volto a escrever aqui … 

Não sinto a mesma instiga de outros tantos muitos artistas que volta e meia publicam sistematicamente em seus blogues o conteúdo de suas angústias, noitadas, intimidades etc. Mas me apraz a possibilidade de viver futuramente uma relação de maior proximidade com aqueles a quem meu trabalho interessa.

Fiz ontem ao lado da Bárbara Cristina a estréia da versão lírico-musical de Alma de Poeta. Ao todo eram 8 canções entremeadas por poemas recitados por ela e por atores/atrizes do seu grupo, o Teart. Ao meu lado, no piano de calda do Teatro Alberto Maranhão, o Oswin Lohss. E os barulhinhos e imagens com que gosto de complementear o meu som, sob os cuidados do André Pyrrho.

Foi muito legal. Agradeço a quem foi, levou algum convidado, e curtiu.

leia a coluna a/cEsso

Me visite no Sítio!