Tão Longa a Eternidade

28 julho, 2011

Vídeo com versão musicada por Esso para texto de Alphonsus de Guimaraens Filho.

leia a coluna a/cEsso

Me visite no Sítio!

Anúncios

divulgação

bâner divulgação


Pois é … !!
Com o intuito de formalizar uma cooperativa para o setor musical do RN, a Rede Potiguar de Música realiza neste sábado mais uma ação. O programa começa pela manhã, num bate-papo com Makely Ka, músico mineiro dos mais ativos desta cena contemporânea, que vem até o Rio Grande para descrever como tem atuado em BH a COMUM (Cooperativa de Música de Minas).

Logo após o almoço tem continuidade o encontro com a abertura do 3º módulo do programa Redes Associativas, que desta feita aborda a etapa ‘Legalizando Nosso Empreendimento Coletivo’, a cargo do instrutor Hélio Pinheiro.

Estão sendo convidados todos os integrantes da Rede e demais interessados em participarem deste momento.
30 vagas.

posso dar mais informações: 9606 1926

leia a coluna a/cEsso

Me visite no Sítio!

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) alerta: a Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) deve cumprir sentença que garante aos músicos do estado o livre exercício da atividade artística, independente de inscrição na OMB ou do pagamento de taxas. Trata-se do resultado final da ação civil pública ajuizada pelo MPF/RN em 2005, que teve sentença proferida pelo então juiz federal substituto da 4ª Vara, Carlos Wagner Dias Ferreira. A decisão foi integralmente mantida pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região e acaba de transitar em julgado, ou seja, não cabe mais recurso.

Ao suspender a exigência do registro imposta pela OMB, a sentença assegura a liberdade de expressão dos músicos locais, bem como estabelece o fim da aplicação de penalidade àqueles que realizam apresentação pública sem possuir a inscrição. Além disso, a decisão confirmada em acórdão do TRF-5 determina a anulação de qualquer procedimento administrativo já iniciado contra músicos em virtude da exigência do registro.

Vale destacar, ainda, que a obrigatoriedade de inscrição na OMB permanece para os músicos profissionais, cujas atividades dependem de capacitação técnica específica ou formação superior.

Caso a OMB descumpra as determinações judiciais, terá que pagar multa diária no valor de R$ 1 mil.

http://www.jusbrasil.com.br/noticias/2759899/ordem-dos-musicos-deve-cumprir-sentenca-que-garante-liberdade-de-expressao

leia a coluna a/cEsso

Me visite no Sítio!

Recebi convite para participar dessa programação, e embora ela já esteja acontecendo, repasso aqui o relise e cartaz, enviado pelo Péricles Filgueira, estudante do curso de Produção Cultural, um dos organizadores do evento, e também integrante da Rede Potiguar de Música.

Seg:

Cartaz

A cada dia a Produção Cultural tem se tornado uma área mais dinâmica. Seus processos dialogam com diversos outros setores no sentido de tornar o fazer artístico mais acessível, usual e democrático. É neste contexto que o “Diálogos em Produção Cultural” se situa na busca por uma reflexão a acerca de tais processos.

Em sua primeira edição, o evento pretende abordar, de maneira transversal, questões agregadas ao contexto da crítica em arte, captação de recursos e terceiro setor. Distribuído ao longo de três dias, o “Diálogos em Produção Cultural” busca fomentar uma reflexão coletiva peranteo contexto da produção cultural local através de minicurso, oficinas e mesas-redondas.

O evento experimental faz parte das atividades do projeto integrador e que busca levar os conhecimentos adquiridos em sala de aula para a prática do aluno enquanto futuro profissional. A realização se dá por meio dos alunos do 4º período do Curso de Tecnologia em Produção Cultural e conta com o Apoio do IFRN – Campus Cidade Alta, site O Inimigo, Programa Rumos Itaú Cultural, BNB, SEBRAE e Rede Potiguar de Música.

Abaixo a programação:

Dia 05/07 Terça-Feira

15h Minicurso: “Crítica Musical e Redes Sociais”
Equipe do site “O Inimigo” (Hugo Morais e Alexis Peixoto)
Sala 60, Campus Cidade Alta – IFRN
19h Mesa-redonda: “Curadoria e Crítica em Arte”
Prof. Dr. Sávio Araújo – DEART – UFRN e
Sânzia Pinheiro – Curadora do Programa Rumos Artes Visuais (Itaú Cultural)

Dia 06/07 Quarta-Feira

15h Oficina:“Elaboração de Projetos Culturais – Princípios Básicos”
com Deyse Lene Santos de Moura (assistente de comunicação e cultura da Superintendência Estadual do Banco do Nordeste no RN)
Sala 79, Campus Cidade Alta – IFRN.
19h Palestra:“Captação de Recursos para Projetos Culturais: Relato de experiência” com ScillaGabel – Agente Cultural

Dia 07/07 Quinta-Feira

17h Palestras
– “Como formar uma cooperativa ou associação cultural”.
– “Empreendedor Individual”.
18:30h Mesa-redonda: “Cooperativas, dificuldades e perspectivas”
com Esso Alencar – representante da RPM, Antônia Zens – representante da antiga Cooperarte e representante da SESCOOPPRN.

Inscrição de oficina ou minicurso :Enviar nome completo, CPF (para certificado) e especificar atividade de interesse. Todas as atividades do evento são gratuitas.

Informações:
E-mail: dialogospc@gmail.com
(84) 8824-5600 ou (84) 4005 2665
Twitter: @dialogospc

leia a coluna a/cEsso

Me visite no Sítio!